Tira-Teima Mariano

O que é o Escapulário e como usar?

Padre Francisco Amaral*

ORIGEM:

No dia 16 de Julho, celebramos nossa Mãe Santíssima sob o título de Nossa Senhora do Carmo. A imagem da Virgem do Carmo trás em suas mãos o Escapulário. Mas o que é o Escapulário?

Conta a tradição carmelita que o Escapulário é um presente do céu, entregue por nossa Mãe Santíssima a São Simão Stock, no ano de 1251. A Virgem fez grandes promessas para aquele que usar o Escapulário com devoção. Não é algo mágico, e portanto, é necessário devoção para aquele que usa.

O Escapulário original é de pano, sendo um sinal do manto carmelita e do próprio manto da Virgem Maria, que como nossa Mãe, nos protege com seu manto.

 

PROMESSAS DE MARIA:

Quais são as promessas da Virgem Maria para quem usar o Escapulário com devoção?

São 3:

1) Proteção na vida

Muitas pessoas testemunham que foram livradas pela Virgem Maria de doenças, perigos, acidentes, assaltos, e da queda nos próprios pecados, através do uso do Escapulário…

2) Proteção na morte

A Virgem prometeu: “Hoc tibi et tuis privilegium: in hoc moriens salvabitur”. Isso significa que aquele que morrer usando o Escapulário com devoção, não irá para o inferno.

3) Libertação do purgatório no primeiro sábado

Conta a tradição carmelita que uma das promessas que a Virgem fez a São Simão Stock é que aquele que usar o Escapulário com devoção, se por ventura for para o purgatório, será liberto do purgatório (ou seja, irá para o céu) no primeiro sábado após a sua morte.

 

COMPROMISSOS PARA O CUMPRIMENTO DESTAS PROMESSAS DE MARIA

São 3:

1) Usar o Escapulário com devoção (o que inclui, evidente, o esforço de viver uma vida cristã);

2) Cumprir a penitência estabelecida pelo sacerdote ou diácono que impõe o Escapulário (que poderá ser, por exemplo, 3 Ave-Marias por dia);

3) Viver a castidade de acordo com o seu estado de vida;

COMO SE RECEBE O ESCAPULÁRIO?

  • O Escapulário é imposto por um sacerdote ou um diácono.

  • O Escapulário imposto deve ser de pano; porém, posteriormente o fiel pode trocar por um Escapulário de outro material.

  • Caso perca ou estrague o Escapulário, não é necessário fazer novamente a imposição: basta adquirir outro e colocá-lo.

Será que está valendo a pena?

O Céu está em “liquidação”!

 

IMPOSIÇÃO

(Fonte: Ritual de Bênçãos)

O celebrante, de mãos estendidas:

“Ó Deus, autor e realizar da santidade, que chamais os renascidos da água e do Espírito Santo à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade, olhai com bondade os vossos filhos que recebem devotamente este Escapulário em honra da Bem-Aventurada Virgem-Maria, para que se tornem conformes à imagem do Vosso Filho, e possam merecer, pela intercessão da Virgem Mãe de Deus, ao termo feliz do curso de suas vidas, entrar na alegria da Vossa Casa. Por Cristo, Nosso Senhor. R: Amém.”

Em seguida, o celebrante impõe o escapulário, pronunciando as palavras seguintes, ou semelhantes:

“Recebe este hábito com que és admitido na irmandade da família religiosa carmelita, dedicada à Bem-Aventurada Virgem Maria, e procura, com a ajuda da Mesma Mãe de Deus, para a Glória da Trindade, e o bem da Igreja e dos homens, cada dia revestir-se de Cristo, que nos remiu com Seu Sangue. R: Amém.”

Conforme a oportunidade, o celebrante pronuncia uma só vez, em voz alta, a fórmula da imposição. Todos respondem juntos “Amém”, e aproximam-se do celebrante para receberem o Escapulário.”

*Siga no face / insta / youtube: padrefranciscoamaral