• Virgem Maria

    Sobre a necessidade de se conhecer Maria

    Maria não foi necessária para o cumprimento dos desígnios de Deus pois Deus se auto sustenta. Ele é Deus e em Sua Glória não precisa de ninguém, nem de nada. Ele se sustenta na eternidade e não precisa de Maria para cumprir suas promessas. Basta que Deus queira e tudo se Faz. Porém, Deus que não muda em seus desígnios, desejou fazer tudo por ela e isso não vai mudar. Deus é imutável em seus sentimentos e em sua conduta e por isso, desejando fazer tudo pelas mãos dela, não mudou e nem vai mudar também essa promessa: Pelo seio de Maria derramo a maior de todas as Graças, meu…

  • Virgem Maria

    Maria como obra perfeita

    A Igreja chama Maria de Alma Mater. Ela é a alma que nutre todas as outras almas. É dela que sai o Pão vivo que desceu do céu. É dela que brota a palavra viva que alimenta de forma perene nossa alma. Sabemos que ela não é uma deusa. Maria foi criada. Deus não é criado. Ele sempre existiu. Dentre outros motivos, sabemos que ela não é uma deusa. Mas em sua humildade, nunca fez questão de ter vantagem por causa disso. Sempre foi a mulher escondida de pentecostes. Ela tem um relacionamento trino com Deus e não se orgulha disso. Ela é Filha de Deus Pai, mãe de Deus…

  • Virgem Maria

    A Humildade de Maria

    Agora que entendemos um pouco sobre as virtudes, vamos entender sobre as virtudes de Maria. Uma das maiores é a humildade. Em sua infância e em toda sua vida, Maria permanece oculta. Ela faz questão de não aparecer pois conhece o coração da humanidade. Ela quer que seu Filho seja exaltado, adorado, venerado e conhecido. Ela segue a máxima de João Batista: “Que Ele cresça e eu diminua…” Ela viveu isso com maestria ímpar. Assim como Salomão podia pedir a Deus grandes coisas terrenas e escolheu pedir sabedoria, Maria também podia pedir grandes coisas mas preferiu pedir humildade. Pela humildade de Maria, a humanidade experimenta graças inimagináveis. Diz a tradição…